Vantagens da Farinha e Óleo de Côco

Ultimamente fiquei «viciada» em experimentar tudo que tenha a ver com o côco. Descobri que são imensas as vantagens da farinha e óleo de côco para a saúde. Para além do sabor delicioso que dão aos cozinhados.

É verdade que nos dias de hoje, estes produtos estão ainda a preços um pouco fora do orçamento, mas como também não os utilizo diariamente, comecei a comprar aos poucos para abastecer a despensa.

 

Vantagens da Farinha e Óleo de Côco

 

Farinha de Côco

Primeiro experimentei a farinha de cocô….FANTÁSTICA…todos adoramos lá por casa…vou aproveitar para vos mostrar a minha receita preferida de panquecas, com farinha de cocô, leite de cocô e óleo de cocô…simplesmente divinal!

Para além do seu sabor maravilhoso, descobri também que a farinha de cocô está lá no topo no ranking das farinhas mais saudáveis. É livre de glúten, tendo uma grande quantidade de fibras o que promove a saciedade. Como sabemos, as farinhas «brancas» e refinadas contêm pouca fibra e um índice glicémico muito alto.

 

Óleo de Côco

O passo seguinte, foi experimentar o óleo de cocô. Sempre que possível, tento comprar os produtos de origem biológica, pois como sabemos a maior parte do que comemos hoje em dia está repleto de químicos, mas isso fica uma história para outra altura. :(

Ora bem, o óleo de cocô é um produto vegetal que se  tornou num elemento fundamental a ter na cozinha para quem quer fazer dieta, pois é rico em gordura saturada, neste caso uma gordura «boa».

Entre alguns dos benefícios, está o facto de contribuir para o aumento do bom colesterol, reforçar o sistema imunológico e ajudar na perda de peso. Para além disso, é óptimo também para usar como creme corporal ou até mesmo para colocar nas pontas do cabelo para ajudar a não ficarem tão secas.

 

E por fim…como se não houvesse já tantos pontos a favor…o sabor é DELICIOSO.

Algumas receitas deliciosas:

Espero ter-vos ajudado a perceber algumas vantagens da farinha e óleo de côco! Experimentem, não se vão arrepender! :)




14 Março, 2016
Previous Post Next Post

Qual a sua opinião?